Publicado por Boselli / cronicas/poesias/reflexões em Quarta-feira, 24 de abril de 2019
Meu Diário
05/04/2016 22h33
GLÂNDULA SALIVAR

   GLÂNDULA SALIVAR

 Amanheci com a bochecha direita roxa. Como ha tres dias tinha extraído dois molares,acreditei que fosse por conta das picadas de anestesia ou pelo procedimento da retirada dos dentes.Mas...quando voltei na dentista para tirar os pontos,ela foi bastante objetiva : uma pequena veinha havia estourado ( ou porque eu havia mordido a bochecha,ou por qualquer outro motivo ) e a glândula salivar estava entupida. Recomendou bocheco com água morna varias vezes ao dia.
Engraçado,como as coisas acontecem no corpo da gente,de repente,e sem aviso pré
vio.Confesso que levei o maior susto quando me olhei no espelho de manhã e vi minha bochecha roxa. Agora estou mais calma,mas ainda muito ansiosa para desemtupir logo essa glandula salivar.É horrivel ficar com a boca meia seca, e ter de tomar goles de água a cada meia hora o dia todo.
Qualquer disturbio corporal,por mais leve que seja,nos aborrece.Mas é uma grande lição.Agora com licença que vou bochechar água morna de novo.

                                                  Maat / 2016



 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 05/04/2016 às 22h33
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.