Meu Diário
06/01/2016 23h03
ALMOÇANDO PASTEL

ALMOÇANDO PASTEL    
 

Voltava do laboratório Delboni,quando passei na rotatória da feira e avistei as barraquinhas de pastel. Pelo adiantado da hora ( 13:30 ) pensei...por que não ?
O cheiro do pastel adentrou o carro e provocou meu paladar. Minha indecisão virou certeza,quando avistei uma vaga para estacionar,embaixo de uma árvore frondosa e farta em sombra,bem alí,ao lado das barracas de pasteis.
Parei o carro e me dirigi feliz e saltitante até a barraca do Seu Hiro ( era a barraca mais cheia de gente e a mais alegre  ) Ainda por cima ,o fregues tinha direito a um copo de garapa geladinha,produzida na hora ( com abacaxi ou limão ).
Almocei pastel de carne com garapa,sentada na mesinha com um monte de gente que nunca vi,mas que tinham o mesmo gosto culinário que eu.
Ganhei meu dia. Voltei pra casa com a sensação de ter quebrado a rotina de um almoço careta ( regado a legumes,verduras,fibras e grãos ) de uma maneira simples e gostosa. Eu estava feliz,meu estomago estava feliz e na pia não tinha nenhuma panela para lavar. Maravilha !

                                                                                        Maat / 2015


 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 06/01/2016 às 23h03
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
05/01/2016 22h54
TARDE AGRADÁVEL

  Fiquei surpresa quando escutei a voz de uma velha amiga,ao atender o celular.Ela estava em Sampa visitando a filha e queria me ver. Topei imediatamente e prometi um cafezinho caprichado na mesa da sala.
Nunca recebi amigas de Taquaritinga em meu apartamento de Sampa.Nenhuma delas.
Joguei o celular na bolsa e peguei a chave do carro,para tomar as providencias necessárias que garantissem um lanchinho simples mas caprichado.
Durante o café,conversamos muito,batemos fotos e postamos para outras amigas do grupo no Whats App. Depois fomos dar uma volta no bairro e passamos em algumas lojas de roupas,em busca de novidades com preço bom.A tarde fluiu rápido e de maneira muito agradável.
Momentos bons e inesperados como esse são raros na vida da gente.
Embora distante de todas as minhas amigas ,vou dormir com a sensação prazerosa de que, pessoas queridas e situações boas do passado,quando se repetem,são muito bem vindas e gratificantes.

 

                                                     Maat/2015

 

 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 05/01/2016 às 22h54
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
04/01/2016 22h52
SINTO CHEIRO DE MUDANÇA NO AR

   Sinto que minha vida vai mudar.Mas não porque eu esteja fazendo algum movimento consciente e voluntário,para que isso aconteça. Não !
As mudanças acontecerão na minha vida, porque as pessoas que vivem comigo e ao redor de mim,estão mudando em atitudes e comportamento. Consequentemente,acarretam mudanças no
meu dia e na minha rotina.
Mas fico feliz que seja assim,porque as mudanças na vida das pessoas que estão comigo,são benéficas e auspiciosas. Portanto,se elas estão felizes...eu também estou.

São mudanças bem vindas.

Sou uma pessoa passiva e benevolente,portanto,nada faço para mudar.Nenhum esforço.Mas aceito toda mudança  na minha vida,consequente da mudança estabelecida na vida dos filhos queridos.

                                                                               Maat / 2015
 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 04/01/2016 às 22h52
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
01/01/2016 22h50
A LUZ APAGOU

  Oito horas da noite e o meu prédio está no escuro. Uma boa parte do quarteirão,aqui perto do hospital São Paulo também. Hoje é o primeiro dia do ano de 2016 e muito provavelmente vou ter que tomar banho de canequinha. As informações  são desencontradas. A energia pode voltar em menos de quatro horas...ou não. Oi ..?
Fui me virando do jeito que deu. Roubei todas as velas dos santos e levei pra cozinha. Tomei meu prato de canja a luz de vela e lavei toda a louça suja da pia,sob a luz amarelenga e oscilante de quatro velas brancas,estratégicamente distribuidas pelo ambiente.
Criatividade é o que não me falta.

Lembrei do sitio dos tios em Itagaçaba. Fazíamos tudo sob a luz de lamparinas de querosene.Eu escovava o dente,usava o piniquinho,tomava leite quente,punha pijama,ia na cozinha beber água da moringa,tudo só com a luz da pequena lamparina de querosene,que ia comigo pra lá e pra cá,de um cômodo a outro da casa.
Quatro horas sem energia elétrica,pra mim é relax.

Minha filha xilicou. Pegou o carro e se mandou pra casa de uma amiga para tomar banho, usar internet e assistir TV.
Pois é...

                                                                                            Maat / 2015

 


 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 01/01/2016 às 22h50
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
31/12/2015 16h47
MAÇÃS COM GROSELHA

( Gratidão )

Quando meus filhos eram pequenos,eu fazia maçãs cozidas com groselha. Em festas importantes ou de fim de ano ( geralmente em reuniões de família ) sempre tinha uma travessa de maçãs com groselha sobre a mesa.
O tempo passou,as crianças cresceram e viraram adultos. Mudaram-se os gostos  e paladares. Regimes,dietas,alimentos orgânicos,verduras...Meu cardápio de tilapias e lambaris fritos,frango com polenta,rabada com mandioca,ficou em algum lugar do passado.E as maçãs vermelhas com groselha também.
Mas agora vieram os netinhos,e o ciclo recomeça. Minha filha pediu que eu levasse um tender, acompanhado de maçãs cozidas com groselha nesse Natal.
Nem lembrava mais...Porém, quando cheguei perto do fogão com o litro de groselha nas mãos,mais as maçãs,meu Master Chef interior despertou com força total.Foi tão automático que me surpreendi. A receita estava registrada na memória das minhas células.
Sinto-me gratificada, pela benção e oportunidade de estar retomando com meus netos,coisas boas vividas no passado.
Como é bom apreciar de novo,minhas maçãs com groselha.

                                          bosellipenha@gmail.com
                                                                  contato@penhacronicasboselli.com

                                                                                                          



 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 31/12/2015 às 16h47
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 18 de 24 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]