EM ALGUM LUGAR DO PASSADO Houve um tempo em que eu acreditei que precisava de lantejoulas para brilhar. Mas o tempo (...

Publicado por Maria Da Penha Boselli em Quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019
Publicado por Boselli / cronicas/poesias/reflexões em Quarta-feira, 24 de abril de 2019
Meu Diário
23/05/2016 14h45
O TÚMULO

O cemitério de Taquaritinga está carente de túmulos e espaço.Daqui pra frente,quem morrer será enterrado em Jurupema. Jurapacity tem bastante espaço, muito verde e fica perto da serra.
Acontece que pela lei do mercado ( oferta e procura ) túmulo em Taquaritinga tem peso de ouro.E na penúria da crise,com o saldo em vermelho no banco,eu e minha irmã nos lembramos de um velho túmulo,onde estaria enterrado um tio solteirão ( da familia de nossa mãe ) que nem sequer chegamos a conhecer.Éramos anjinhos no céu quando ele morreu.
A carta da prefeitura chegou nos intimando a regularizar imediatamente o patrimonio do além,caso contrário haveria confisco.Ficamos alegres e assustadas ao mesmo tempo.Essa descoberta inesperada nos deu oportunidade de fazer bom negócio e sair do vermelho no banco.
A tarde,quando me ajoelhei para as orações agradeci á alma do Tio falecido que nunca conheci.Tentei construir mentalmente,um rosto que fosse meio Boselli e meio Carvalho.Concentrei minhas forças nas invocações á luz e me recolhi em profundo agradecimento ao tio salvador Salviano. Não ha dúvida : é a vida do lado de lá,influenciando a vida do lado de cá.

                                                                                             Maat / 2016


Publicado por Maria da Penha Boselli em 23/05/2016 às 14h45
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
21/05/2016 09h44
NOVOS TEMPOS

  Ontem perdi perdão para minhas amigas.Atravéz de algumas postagens fiz com que acreditassem que sou dotada de dotes culinários que ( na verdade ) nunca tive. Sabe…aquele macarrão ao molho,todo colorido e enfeitado com manjericão ? Pois é…foi minha filha que fez. Aquele bolo com farta cobertura de brigadeiro…? Comprado pronto.

Encontrei-me com duas delas ontem a tarde e tudo ficou esclarecido.Migas...eu as enganei descaradamente,despudoradamente e na maior cara de pau esse tempo todo. Meu verdadeiro dom culinário,se limita a arroz,feijão,carne moída com batata e abobrinha. kkkkkkkk …hilário mas real.
Depois de tudo esclarecido e de me sentir curada e perdoada,marcamos um encontro para hoje a tarde lá no Pura Gula. Dessa v
ez…nenhuma reunião a noite.Mudança de fase e mudança de hábitos. Estamos deixando o tempo de mariposas para trás e assumindo nosso lado britânico e mais amadurecido : a hora do chá.
Migas…estamos despertando em nossas almas nosso lado nobre,a Queen Elizabeth enrustida em cada uma de nós. Que os guardiães toquem as trombetas e anunciem a quem interessar possa,que tomaremos nosso chá hoje a tarde no Pura Gula “

Até logo mais……………………………………………………………….Maat /2016


Publicado por Maria da Penha Boselli em 21/05/2016 às 09h44
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
21/05/2016 00h08
INTERVALO

  Depois de um longo intervalo sem escrever nada,parece que a inspiração voltou.Esse tempo de pausa que de quando em quando me imobiliza,parece fazer parte de uma partitura musical maior : movimento,pausa,movimento...e assim vai.
É tão natural como respirar : inspiração,expiração...pausa...silencio....inspiração...

Acho que todo o Universo é assim : movimento,pausa,movimento...
Hoje,depois de um longo tempo em pausa silenciosa e prolongada,escrevi dois textos que brotaram inexplicavelmente dentro da minha mente distraida.

É a vida em ritmo de pausa e movimento / som e silencio / expansão e recolhimento.

                                                                                        Maat / 2016

 

 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 21/05/2016 às 00h08
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
19/05/2016 23h08
TARDE BUROCRÁTICA

De cartório em cartório,foi assim que passei a tarde hoje.Papelada até não acabar mais: certidão,averbação,reconhecimento de firma,papéis,carimbos  e todo tipo de chateação burocrática.
Se fosse lá em Sampa,essa peregrinação cartorária em uma única tarde seria impossívell : pelo trânsito,pela chuva,pelo vento,pelo fluxo de gente e de clientes.Mas aqui em Taquaritinga não.Foi rápido,foi tranquilo e foi agradável.  Depois de tudo assinado,carimbado e reconhecido,vi que ainda me sobrara metade de uma tarde inteira pela frente. Dava tempo de tomar café com lanche sem pressa e ainda fazer visita a algum parente ou amigo.
No interior o tempo ainda se arrasta de maneira mais lenta que na capital.Conseguimos resolver nossas pendengas burocráticas com sorriso no rosto e sem estresse nenhum. Assim que é bom.
                   
                                         
                  Maat / 2016


Publicado por Maria da Penha Boselli em 19/05/2016 às 23h08
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
04/05/2016 16h20
MEU ANIVERSÁRIO / 2016

MEU ANIVERSÁRIO / 2016
Preciso escrever sobre meu aniversário,que foi agora dia 3 de maio ( caiu numa terça feira ). Teria sido um aniversário comum se eu não estivesse fazendo 65 anos.Comemorei com meus filhos e netos,que vieram até meu apartamento para me dar um abraço.Na verdade dois filhos ainda moram comigo.

Comprei um bolo baby na boleira e fiz um brigadeiro bem gostoso para jogar em cima.Enfeitei com estrelinhas coloridas,pela alegria das crianças que merecem.

Minha filha se deslocou do outro lado da cidade ( Barra Funda ) até a Vila Clementino depois de um dia de trabalho e crianças na escola pra lá e pra cá.Foi só entre nós.Ganhei presentes,tirei fotos e filmei a bagunça na sala.

O especial do aniversário foi os meus sessenta e cinco anos e o enfeite em cima do bolo: uma chave de chocolate dark que minha filha trouxe de uma cidade medieval,na sua ultima viagem para a Inglaterra. Essa chave simbólica me traz a certeza de algum conhecimento e alguma sabedoria que passo a ter acesso a partir de agora,além da serotonina e do chocolate,claro ! Com princípios e valores bem definidos,cheia de experiências ( na dor e no amor )creio que a chave poderá me abrir portas místicas e espirituais mais profundas.Talvez o começo de uma nova etapa,talvez aquisição de novos conhecimentos…quem sabe ?
Foi um aniversário muito significativo e recheado de sorrisos e bons momentos.Estou em paz. Estou feliz ! Gratidão ao Universo por ter me trazido até aqui.
                                                   
  Maat / 2016


Publicado por Maria da Penha Boselli em 04/05/2016 às 16h20
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 7 de 26 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]