Meu Diário
09/04/2016 23h25
BESOURO PELUDO


Misericórdia....que susto !
O bicho passou voando bem na frente da minha cara,entre eu e o computador.Bateu no relogio da escrivaninha e na luminária fazendo barulho de asa seca e dura.Finalmente caiu perto do iphone.
Quase morri de susto.Tenho horror desses besouros que entram voando pela janela,sem rumo,titubiantes,batendo em tudo quanto é coisa,inclusive na cara da gente.
Pulei da cama apavorada.Corri no banheiro e com um pedaço de papel higienico na mão,apanhei o inseto e joguei pela janela.
Esse que sempre entra no meu quarto ( meio verde,retangular e pernas peludas ) deixa um monte de ovinhos presos no vidro da venesiana.
Sorry...mas os ovinhos foram pro lixo.
Pelo menos eu ainda estava acordada.Pensou? se o besouro voa a noite no escuro e cái em cima de mim? Affe...
Tá um calorão aqui em Sampa,mas janela aberta a noite nem pensar.Mesmo porque tem meia duzia de arvores bem aqui na frente do meu quarto.E se elas refrescam o ambiente durante o dia com sombra e brisa fresca,de noite jogam tudo quanto é inseto esquisito pra dentro do meu quarto. 
Eu heim ! Cada besouro no seu galho.
                                  
         Maat / 2016


 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 09/04/2016 às 23h25
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
08/04/2016 23h17
NÃO TEM JANTA

Hoje cansei.Cansei mesmo ! Foi dia de faxina,mas a faxineira substituta da titular ficou meia atrapalhada,e eu tive que ajudar bastante.
A faxineira fixa foi pra Bahia cuidar da mãe doente.Deve voltar logo,mas enquando isso...
Fato é que eu me atrapalhei também.O almoço que fiz foi pouco e não sorobô nada para a janta.Ordenei a cada filho que fosse pra rua busca
r sua própria comida,tomei um banho e vesti pijama.
Pra não dormir de barriga vazia fui até a cozinha fazer uma varredura na geladeira.Fiquei em dúvida entre leite quente e comida russa.
Consegui achar um ovo no fundo da gaveta e um restinho de arroz integral numa tigelinha.Optei pelo cardápio russo :
arrozkovo.

Tava uma delicia.Substitui o leite quente pelo vinho e mandei ver.
Dei uma boa relaxada e agora estou aqui,deitada com o note na barriga,esperando o abraço de Morfeu.

                                                                                      Maat / 2016

 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 08/04/2016 às 23h17
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
07/04/2016 23h34
CASAMENTO CHIC

  O casamento vai ser na semana que vem.Vai ser chique do úrtimo.Mas...
 

Qualquer mulher sózinha na minha idade,não perderia uma oportunidade dessa para conhecer gente diferente,se divertir,dançar e arrumar um flerte.Guiça um namorado ou outro casamento.But...
Minha prima colocou até onibus para transportar amigos e parentes que moram longe
do local da festa.Vai ser num local chique e luxuoso ( vi no site dos noivos ) Parece um castelo.Porém...
A parentada desconectada ha tempos vai se encontrar lá na festança e matar a saudade,além de colocar as fofocas famil
iares em dia.Pero...
Vai ter muita música,muita comida e muita bebida.Vai ter muita diversão e os noivos vão ser muito felizes.
Fato
é que não vou.Sou difícil,sou complicada.Não gosto de barulho,nem de burburinho de gente e multidão.Não tenho paciencia para cerimonias e nem de ficar conversando longo tempo com outras pessoas.
Festas me cansam.Quero ir embora logo,não tenho nada para dizer aos outros e não estou afim de nenhum rolo,caso ou flerte com homem nenhum.
Quero ficar sózinha na minha paz.To zem,to na boa,to nice.
Ademais sou empata, e quanto menos gente ao redor de mim melhor.Prefiro ficar a sós comigo mesma mas ficar bem
e na santa paz.

                                                                                                   Maat /2016


 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 07/04/2016 às 23h34
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
06/04/2016 22h19
COMPRANDO CERVEJA

 O mercadinho aqui perto de casa está com um monte de marcas de cervejas importadas,além das nacionais.Hoje,fiquei um bom tempo em pé,de frente para a gondola,analisando cada uma das marcas.Me chamou a atenção o nome das cervejas.O pessoal tá caprichando na imanginação.
Eu gosto da que desce redondo ( menos mal,não machuca a garganta).Pensei em experimentar a
Proibida,mas o nome compromete,lembra algo pecaminoso.Depois...vai que eu bebo a Proibida e fico Devassa ? Pensou?
Adoro a
Coronita ( é do meu tamanho) mas não desprezo uma Miller ( sou chegada num gringo branquelo)
Tinh
a também produção artesanal ( virou moda ).Gordelícia me chamou atenção,pelo nome e pela gordinha sensual que tem no rótulo.Até meu ex falecido,virou nome de cerveja no R G do Sul : DADO Bier.Pra quem gostava de beber,a homenagem foi justa.

Dá até história : eu bebo a Proibida e me transformo em uma Gordelícia Devassa.Aí...me entrego á Bohemia.Depois vou pro México, e tomo varias Coronitas,que fazem bem para as coronarias do meu cansado coração. De quebra dou uma passadinha nos States,e me torno teúda e manteúda do Senhor Miller,que vai colocar uma coroa Gold na minha cabeça.
Misericórdia...aí vamos ter uma filhinha de nome
Stella e seremos felizes para sempre morando em Therezópolis.
                     
  THE END
                                                                                                Maat / 2016
 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 06/04/2016 às 22h19
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
05/04/2016 22h33
GLÂNDULA SALIVAR

   GLÂNDULA SALIVAR

 Amanheci com a bochecha direita roxa. Como ha tres dias tinha extraído dois molares,acreditei que fosse por conta das picadas de anestesia ou pelo procedimento da retirada dos dentes.Mas...quando voltei na dentista para tirar os pontos,ela foi bastante objetiva : uma pequena veinha havia estourado ( ou porque eu havia mordido a bochecha,ou por qualquer outro motivo ) e a glândula salivar estava entupida. Recomendou bocheco com água morna varias vezes ao dia.
Engraçado,como as coisas acontecem no corpo da gente,de repente,e sem aviso pré
vio.Confesso que levei o maior susto quando me olhei no espelho de manhã e vi minha bochecha roxa. Agora estou mais calma,mas ainda muito ansiosa para desemtupir logo essa glandula salivar.É horrivel ficar com a boca meia seca, e ter de tomar goles de água a cada meia hora o dia todo.
Qualquer disturbio corporal,por mais leve que seja,nos aborrece.Mas é uma grande lição.Agora com licença que vou bochechar água morna de novo.

                                                  Maat / 2016



 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 05/04/2016 às 22h33
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 7 de 23 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]