EM ALGUM LUGAR DO PASSADO Houve um tempo em que eu acreditei que precisava de lantejoulas para brilhar. Mas o tempo (...

Publicado por Maria Da Penha Boselli em Quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019
Publicado por Boselli / cronicas/poesias/reflexões em Quarta-feira, 24 de abril de 2019
Meu Diário
30/04/2016 17h22
DEPRÊ

Hoje é sábado e eu estou sentindo um enorme vazio no peito,como se estivesse com saudade de outra vida,outros lugares que não aqui e agora.Também estou lembrando muito de entes queridos falecidos ( país,irmão,tios...) Porque isso agora ?

O céu cinza e o clima frio me fazem mais recolhida ainda do que o normal.A sensação de vazio e de que deveria estar em outro lugar,com outras pessoas,fica mais acentuada...chega a doer.Há....será que eu realmente estaria bem se estivesse agora na minha cidade no interior? Acho que não porque quando estou lá também sinto esse vazio estranho.

Adoro clima fresco e semi frio,mas esse céu cinza que estou vislumbrando agora,me deprime.Ademais...tem um pássaro na árvore do prédio,cujo piado parece gemido. Todas as tardes,quando começa anoitecer ele canta.

Estou em paz,mas estou down.Sei que vai passar.Já tive fases emocionais horríveis na minha vida. Tiro de letra.Hoje sei exatamente o que fazer quando estou assim é não deixo nem continuar : exercitar o corpo para ancorar na terceira dimensão e manter a mente focada.

                                                          Maat/2016


Publicado por Maria da Penha Boselli em 30/04/2016 às 17h22
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
28/04/2016 23h49
SAÚDE É PAZ

   SAÚDE É PAZ
Hoje vou escrever sobre coisas tristes. Não existe situação mais desesperadora do que doenças ou acidentes imprevistos que nos pegam de surpresa ( a nós ou familiares ,principalmente filhos ).

A chefe da minha filha está numa dessas fases ( a mãe internada em um hospital e o filho com cirurgia marcada,em outro ) Difícil conseguir estabilidade emocional e serenidade mental numa situação dessa. Por muito menos a gente se desestabiliza…Eu entro em pânico por qualquer dor de barriga…que dirá quando a coisa é séria.

Uma vez lá em Marilia cuidando de minha mãe doente,desmaiei e escorreguei pela parede que nem geléia,ao ve-la passando mal.
Paz…é saúde.A saúde nos possibilita sere
nidade mental,paz emocional,equilíbrio e discernimento em pensamentos,palavras e ações. Nossa rotina faz-se maravilhosa.Nossos afazeres diários fluem sem percalços. Começamos e terminamos o dia com as tarefas cumpridas,sem sobressaltos e em paz. Quem já esteve doente ou cuidou de alguém doente na família sabe do que estou falando.

Vamos agradecer a Deus pela nossa saúde e de nossos familiares. Vamos pedir misericórdia,benção e proteção a todos os doentes. Possam todos recuperar a saúde ( física,mental e emocional ) e a paz no coração.

Amém !                                      Maat / 2016


Publicado por Maria da Penha Boselli em 28/04/2016 às 23h49
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
27/04/2016 20h25
FEIJOADA

Finalmente o tempo mudou. O céu está em tom cinza rosado,a noite mais fria,e a garoa caindo leve como maná.

Decidi o cardápio do almoço pelo clima.Fui até o mercado e comprei todos os ingredientes necessários para uma feijoada leve mas saborosa.
Fazia tempo que a gente não comia uma suculenta feijoada.Não deixei faltar nem a laranj
a.O almoço estava em perfeita sincronia com o clima.Verdade que chorei pra caramba na hora de cortar a cebola para o vinagrete,mas valeu a pena.

Enquanto saboreava meu prato de feijoada,lembrei-me de uma música que eu e meus irmãos escutávamos a noite,na vitrola da minha mãe : DOM RATÃO CAIU NA PANELA DO FEIJÃO…

Saudade….                                    Maat/2016


Publicado por Maria da Penha Boselli em 27/04/2016 às 20h25
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
25/04/2016 22h33
MINHAS MANDALMAS

Sou apaixonada por mandalas e resolvi abrir uma coleção com minhas criações no Google. Minhas mandalas são alegres,coloridas e vibrantes. Adoro criar mandalas.Elas me trazem a sensação de alívio.Parece que estão saindo da minha alma e não de um programa de computador.Tenho carinho por cada uma delas,como tenho pelos meus filhos. Elas tem nomes,significados e são únicas ( uma não é igual a outra ).
Deixo aqui uma delas para que fique ilustrado e documentado que minhas mandalas tem alma,por isso as chamo de MANDALMAS.Apreciem-na. Olhem bem para ela e façam conexão com minha alma.

Namaste...................................................................Maat / 2016


Publicado por Maria da Penha Boselli em 25/04/2016 às 22h33
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
22/04/2016 20h22
TARDE DE RAINHA

Minhas filhas insistiram para que eu fosse almoçar com elas e com as crianças no Shopping JK. Como não conheço tal Shopping em princípio fiquei receosa ( muita gente,muito transito,muita fobia social ) Mas como é feriado e Sampa está tranquila ( metade da população viajou para algum lugar) topei encarar Shopping e restaurante nesse 22 de Abril de 2016 para um almoço em familia,diferente,divertido e em paz.
Transito não foi problema pois chegamos rapidamente. Os restauramtes também estavam tranquilos e sem fila de espera.
O Shopping estava mais vazio ainda.Muito bonito,sotisficado e tudo muuuuito caro.Não vi absolutamente nada que eu pudesse comprar dentro do meu padrão de professora aposentada.
A conta do restaurante ficou salgada,mas o estomago estava satisfeito. Os olhos se encheram de vitrines lindas,mas as mãos estavam vazias de compras.
Consegui boas fotos porque o lugar é todo iluminado com pisos brilhosos e lojas chiques de doer.Não vi ninguém fazendo compras nas lojas.Nem rico,nem pobre,nem eu,nem ninguém com status social conhecido.

Estou satisfeita. Acertamos na escolha do cardápio e todo mundo comeu muito bem.Temos saúde e estamos em paz. Precisa mais ?
Gratidão,

                                            Maat / 2016                                                                                      
 


Publicado por Maria da Penha Boselli em 22/04/2016 às 20h22
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 8 de 26 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]