Publicado por Boselli / cronicas/poesias/reflexões em Quarta-feira, 24 de abril de 2019
Textos


VISITA INESPERADA   ( O QUARTO )

A bola de luz desceu pelo teto do quarto,girando como um redemoinho de fogo.Subitamente,parou na altura da minha cabeceira e ficou irradiando raios de luz amarela como uma estrela.Seu miolo permanecia branco e com uma luz tão forte,que quase me cegava quando olhava diretamente para ela.
O que era isso ?A gente assusta quando se depara com um fenomeno desse no quarto. Ainda mais quando tudo acontece no mais absoluto silencio.É uma situação que nos alegra e aflige ao mesmo tempo.Primeiro porque nos sentimos privilegiados,depois,porque não temos o menor controle sobre a experiencia transcendental.
Optei ( por medo e prudência ) permanecer sentada e imóvel no canto do quarto, meia que hipnotizada e assustada.Será que a luz era inteligente e tinha vida própria ?Será que era de origem celestial ? Seu brilho era tão intenso, que tenho certeza que podia ser visto através da janela do meu quarto,por quem passasse lá embaixo na calçada do prédio.
É uma vivencia maravilhosa mas assustadora também.Contar para os outros então…nem pensar!
Do mesmo modo que foi intenso,foi rápido. A bola de luz começou a vibrar cada vez com mais intensidade,rodopiou sobre si mesma e recolheu seus raios amarelos. Só o miolo de luz branca e cristalina permanecia brilhando,suspenso no ar.De repente a luz como que implodiu, e o quarto foi tomado por um escuridão avassaladora.
Estranho…maravilhoso…enigmático. Nessa noite foi difícil pegar no sono.
Há mais mistérios entre o céu e a terra,do que supõe nossa vã filosofia.


                                                                                      Maat / 2015
Maria da Penha Boselli
Enviado por Maria da Penha Boselli em 15/12/2015
Alterado em 16/12/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários