Publicado por Boselli / cronicas/poesias/reflexões em Quarta-feira, 24 de abril de 2019
Textos


SINAIS   ( postando novamente )
Ouço o vento assoviando lá fora.Os coqueiros balançam loucamente,dobrados todos na mesma direção.Na quina do prédio,o vento geme como alma penada e aflita.Parece anunciar que alguma coisa está por vir.
Gela a alma escutar esse lamento,de um vento desorientado e sem rumo,que antecipa para quem o ouve,um novo ciclo,mudanças surgindo num horizonte obscuro.Quiça a esperança batendo na porta,quiçá as estrelas do Cruzeiro do Sul.

                                                     PenhaBoselli/  Maat / 2013
Maria da Penha Boselli
Enviado por Maria da Penha Boselli em 02/12/2016
Alterado em 02/12/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários