Publicado por Boselli / cronicas/poesias/reflexões em Quarta-feira, 24 de abril de 2019
Textos


AINDA SOBRE CARNAVAL
Somos humanos, não somos anjos.Temos dentro de nós os dois lados da balança. Carregamos na alma vivências boas e ruins.Temos virtudes e defeitos. Manifestamos o lobo ou o cordeiro, conforme as coisas acontecem em nossas vidas.Buscamos um caminho mas nem sempre o enxergamos com clareza.Então ficamos andando em círculos, ou buscando atalhos ( nem sempre nítidos e eficientes) mas quase nunca enveredamos para o caminho do auto conhecimento e busca interior : “conhece-te a ti mesmo,” ( que nos encaminharia para uma evolução individual )
Então,até para organizar um evento de festa e alegria popular, tudo isso tem que ser pesado e levado em consideração.Principalmente quando a festa é coletiva e envolve energia de massa.
O carnaval reune milhares de pessoas em local determinado onde o turbilhão energeticamente gerado pode facilmente fugir ao controle e planejamento pré estabelecido pelos organizadores e responsaveis. Isso porque todas aquelas pessoas ali reunidas, trazem dentro de si o lobo e o cordeiros, a paz e a guerra, o bom e o mau. Num pique de segundos, uma dessas qualidades pode se manifestar.
Aqui em Sampa milhares se reuniram nas ruas e tudo parece ter corrido bem.Foram pouquíssimas brigas e ocorrências policiais.As vezes a policia finge que não vê, as vezes age como simples mediador.O importante é manter a energia do turbilhão nos parâmetros de uma alegria saudável como cantar e dançar / antigamente “paz e amor "
Quando vi a decisão do prefeito Vanderlei em cimentar as pedras do calçadão, tudo isso me veio á cabeça.Ele está certo.É melhor prevenir que remediar.Planejar para que tudo corra bem. Anular  motivos que possam permitir a manifestação de desequilíbrio na massa.
Não vamos esquecer que outros espíritos estarão soltos participando da festa no astral…né ?
Infelizmente é assim…e aí, o calçadão que foi criado para ser área de lazer e descanso, pode sim virar uma arma.O lobo pode assumir o lugar do cordeiro e a música pode dar lugar ao pranto.
Não é pessimismo, é previsão, estudo de possibilidades,planejamento e responsabilidade.Final de contas…estamos falando de seres humanos…né ?
      

           
   Maria da Penha Boselli* / 2017


 
Maria da Penha Boselli
Enviado por Maria da Penha Boselli em 21/02/2017
Alterado em 21/02/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários