CONCORRÊNCIA virei pra cá virei pra lá... subi o mouse pela tela do mac e depois desci rolei a página,selecionei...

Publicado por Cronicas/poesias/reflexões em Sábado, 12 de janeiro de 2019

EM ALGUM LUGAR DO PASSADO Houve um tempo em que eu acreditei que precisava de lantejoulas para brilhar. Mas o tempo (...

Publicado por Maria Da Penha Boselli em Quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019
Textos


GUARDIÃO

Fico com as mãos em cima do teclado esperando para ver se sái alguma coisa.Tá difícil...o calor paralisa meus neurônios.Nada na cabeça,nem no coração.Tenho corpo de isopor : insonso e sem cor.

Passa ônibus,passa carro,passam as nuvens no céu.Eu aqui buscando assunto,forçando a caída do véu.

Escuto um gato miando lá longe...será o guardião da novela ? Besteira...estou delirando. É o sono ...quem dera quem dera...
Em todo caso deixo a janela aberta...vai que ele vem...
quem dera...eu pantera...na espera...


Maat* 2018

 
Maria da Penha Boselli
Enviado por Maria da Penha Boselli em 19/01/2019
Alterado em 19/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários