CONCORRÊNCIA virei pra cá virei pra lá... subi o mouse pela tela do mac e depois desci rolei a página,selecionei...

Publicado por Cronicas/poesias/reflexões em Sábado, 12 de janeiro de 2019
Publicado por Cronicas/poesias/reflexões em Domingo, 27 de janeiro de 2019
Textos

PICA PAU


DE VEZ ENQUANTO ALGUM PÁSSARO DIFERENTE APARECE AQUI NAS ARVORES DO MEU PRÉDIO.NÃO SEI SE ELES VEM DO PARQUE IBIRAPUERA,MAS É PROVÁVEL QUE SIM.
Já vi de tudo,até pavão.
Hoje apareceu um pica pau.Escutei toc toc toc,olhei pela janela da sala e lá estava ele no tronco da árvore a três metros de mim.Corpinho carijó e topete amarelo que nem gema de ovo. Uma graça. Estava se deliciando com farta refeição de larvas e insetos escondidos no meio do tronco.Fiquei observando a ave e me lembrei de quando meu pai apareceu em Taquaritinga ( depois de uma viagem ) com um pica pau de tecido aveludado e penas artificiais, que tinha ventosas no pé e subia pela geladeira fazendo toc toc toc.Era um brinquedo que imitava direitinho o pica pau e a gente tinha que dar corda pra ele se movimentar e subir pela geladeira.
Eu era muito pequena e guardo a cena daquela tarde bem nítida na memória,mas não sei dizer que fim levou esse brinquedo ,nem quanto tempo durou.
O pica pau de verdade aqui no prédio,só levantou voo quando estava de pança cheia e satisfeito.
Cenas assim são um presente pra gente como eu que vive enfiada no apartamento.
Vamos ver amanhã que tipo de ave virá nos visitar.


Maria da Penha Boselli* /2019
Maria da Penha Boselli
Enviado por Maria da Penha Boselli em 30/01/2019
Alterado em 30/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários