Publicado por Boselli / cronicas/poesias/reflexões em Quarta-feira, 24 de abril de 2019
Textos

A VASSOURA DO SEU OSWALDO
Seu Oswaldo sabe varrer o chão do prédio muito bem. Parece que ele gosta de fazer isso.
Quando Seu Oswaldo varre o chão da área coletiva do prédio ( lá embaixo ) o barulhinho da vassoura,sobe até aqui no terceiro andar.
tchec…thec…tchéc…théc.
Existe sincronicidade nos movimentos do Seu Oswaldo.O som da vassoura raspando o chão é ritmado,repetitivo e relaxante.
Quando escuto o som do varre,varre,logo de manhã ( as vezes nem levantei ) fico mais confortável na cama. Mais feliz ! É uma sensação de canção de ninar.
Seu Oswaldo é um homem biológicamente pequeno, magrinho,idoso e de cabeça branca. Trabalha no meu prédio faz anos. Quando está com a vassoura nas mãos,parece um eremita segurando o cajado.
E o som da vassoura logo de manhazinha,é o meu despertador natural.Música para meus ouvidos.
.................................................PenhaBosell*i / maat 2014
Maria da Penha Boselli
Enviado por Maria da Penha Boselli em 27/10/2015


Comentários