Publicado por Boselli / cronicas/poesias/reflexões em Quarta-feira, 24 de abril de 2019
Textos


VIRADA

O vento está forte e desorientado.Redemoinhos de terra e pó,surgem aqui e alí, no chão do quintal. Os gatos começam a se amoitar pelas almofadas e cestos de palha na varanda. O tempo vai virar.
A madrugada promete sinfonia de galhos e arvores chacoalhando lá fora. Os mensageiros de vento estão tilintando furiosamente no jardim.
Quero caminha quente e escurinho do quarto para me proteger. Travesseirinho fofo e paz !
          
                                                          Maat / 2012
 
Maria da Penha Boselli
Enviado por Maria da Penha Boselli em 03/01/2016
Alterado em 03/01/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários