Publicado por Boselli / cronicas/poesias/reflexões em Quarta-feira, 24 de abril de 2019
Textos

   A FONTE

D
e onde me vem tanta informação ? Pois se sou uma pessoa que não viaja, não corre mundo e sem experiência nenhuma com outras culturas que não a minha…Então…em que lugar vou buscar tanto assunto, tantos temas para escrever crônicas, reflexões e poesias?
Existem uma fonte dentro de mim.Sim…só pode ser.E essa fonte escorre como água por todos os lados, rompendo barreiras e limites que estão além do aqui e agora. Através dela recebo conteúdos de outras fronteiras, mundos e culturas que nunca vi. É um conhecimento instintivo, ( que atravessa as malhas do mundo físico,percorrendo zonas transcendentais ) porém comum a todas as almas que peregrinam por esse planeta azul, independente de localização, território geográfico ou costumes e crenças culturais.
E assim vou escrevendo.Em doses pequenas, intercaladas com espaço de algumas horas, as gotas vão caindo…
Me pergunto se algum dia as pessoas lerão o que escrevo.Pior…se entenderão o que escrevo.
Bom…não cabe a mim investigar essa questão. Assumo apenas o ato de escrever. Delego ao universo o destino e utilidade das minhas cronicas,poesias e reflexões.Não tenho dúvida que o universo saberá o que fazer.

  MariadaPenhaBoselli* / Maat 2016

                                                   

 
Maria da Penha Boselli
Enviado por Maria da Penha Boselli em 16/12/2016
Alterado em 16/12/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários